Patrocínio

Post Top Ad

Saúde

Mais uma morte por dengue é confirmada em Medianeira

Mais uma morte por dengue grave é confirmada em Medianeira. A Secretaria de Saúde, através do Setor de Vigilância em Saúde, informou oficialmente na manhã desta sexta-feira, 06, em coletiva de imprensa.

De acordo com a pasta Medianeira já registrou neste ano três óbitos, 214 casos confirmados e 339 casos notificados. Com esses dados o município já está em epidemia.

A última vítima fatal da dengue foi uma mulher com aproximadamente 45 anos e possuía outras comorbidades. O primeiro óbito foi um homem, 65 anos, e o segundo uma mulher ambos comorbidades.
A médica da epidemiologia, Doutora Jacilene de Souza Costa, destacou que os casos estão evoluindo rapidamente, como exemplo a última vítima que em 24 horas o caso se agravou levando a óbito.

Outro ponto destacado pela Coordenadora da Vigilância em Saúde, Cleide Mari da Silva, todos os bairros estão com infestação do mosquito e focos. Segundo ela, o município tem feito notificações e aplicação de multas, além da remoção de entulhos e mutirões de limpeza. Mas, é imprescindível a colaboração de toda a população.

De acordo com a médica da epidemiologia a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) está realizando os atendimentos na ‘sala vermelha’ que possui todos os equipamentos de uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Ela ainda reforçou que o Hospital e Maternidade Nossa Senhora da Luz não possui mais leitos de UTI, mas mesmo assim tem feito readequações para continuar com os atendimentos aos pacientes com dengue.

A Coordenadora da Vigilância em Saúde destacou que a Unidade Básica de Saúde Centro estará a partir de segunda-feira (09) com horário de atendimento ampliado das 7h às 21h.

Fonte: Costa Oeste News

Postagens relacionadadas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar em nosso site, logo ele estará disponível para todos os usuários.

Patrocínio