Patrocínio

Post Top Ad

ParanáUtilidade Pública

Ponta Grossa terá usina que transforma resíduos orgânicos em energia elétrica


A Prefeitura de Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná, anunciou que irá construir uma usina termoelétrica municipal de biogás. A construção foi anunciada durante uma coletiva de imprensa na manhã desta segunda-feira (20).

A usina termoelétrica de biogás tem a capacidade de transformar resíduos orgânicos em energia. Em funcionamento, a prefeitura estima economizar R$ 270 mil por mês.

A gestão informou que espera que a usina comece a funcionar ainda em 2020. A construção do espaço deve custar R$ 9,2 milhões e será iniciada nos próximos dias, em um terreno que fica no Distrito Industrial.

A construção da usina está prevista no atual contrato da prefeitura com a concessionária que administra a coleta de resíduos na cidade. Conforme a gestão, não haverá aditivos de recursos no contrato para a construção da usina.

O projeto foi autorizado por uma lei municipal aprovada em 2017. De acordo com a prefeitura, a usina trabalhará com a capacidade inicial de processamento de 12 toneladas de resíduos orgânicos por dia, podendo chegar até 30 toneladas.

Atualmente, são coletadas por dia mais de 200 toneladas de resíduos sólidos, em Ponta Grossa.
Como funciona a termoelétrica?
Segundo a prefeitura, resíduos orgânicos coletados serão destinados para tratamento e passarão por um processo de decomposição da matéria, gerando o gás, que por sua vez, produz energia elétrica.

A eletricidade criada será transferida para a rede da Copel, gerando créditos que poderão ser descontados no consumo de prédios públicos, como hospitais.

A gestão espera ainda poder utilizar a geração com veículos elétricos, que serão utilizados em parte da frota da coleta seletiva.

Fonte: G1 Paraná

Postagens relacionadadas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar em nosso site, logo ele estará disponível para todos os usuários.

Patrocínio