Trending

Doação de imóvel permite reconstrução de escola listada no Orçamento Participativo



A Assembleia Legislativa aprovou nesta quarta-feira (10) a doação pelo Estado do imóvel ocupado pela Escola Municipal Júlio Pasa de Foz do Iguaçu. Com a transferência, a prefeitura fará a reconstrução completa da escola construída há mais de 40 anos, obra incluída pelos moradores da região central no Orçamento Participativo.


A doação do terreno da escola na Rua Espírito Santo (Vila Matilde) permite agora à prefeitura executar a obra. "O projeto está sendo finalizado na Secretaria de Planejamento. Não podíamos fazer a reforma completa porque o imóvel ainda não pertence ao Município", disse a secretária municipal de Educação, Maria Justina da Silva.


A escola atende 210 estudantes do ensino fundamental e da sala multifuncional para aulas diferenciadas a alunos com algum déficit de aprendizagem. "São alunos nossos e de outras escolas", disse a diretora Lilian Celsa Ramirez Ribera.


A estrutura, instalada em uma área de mais de quatro mil metros quadrados, dispõe de parque infantil, refeitório, laboratório de informática, pátios coberto e descoberto, área verde, sala do professor, entre outras.


O projeto na Assembleia Legislativa será votado em mais dois turnos e em redação e segue para sanção do governador Ratinho Junior, o que deve ocorrer até o final de novembro.


Educação


A educação pública de qualidade é uma das principais propostas do governo Chico Brasileiro, com foco nas obras prioritárias definidas pelo Orçamento Participativo e na ação pedagógica que prevê a formação cidadã das crianças. Nos próximos dias começa a reconstrução da Escola Municipal João da Costa Viana, a maior de Foz do Iguaçu com mais de 1,2 mil estudantes do 1º ao 5º anos na região de Três Lagoas.


O investimento será superior a R$ 2,5 milhões em recursos do Município. As obras, com prazo de 180 dias, incluem reforma em uma área de 2,6 mil metros quadrados e ampliação de 300 metros quadrados e abrangem a biblioteca, laboratório de inclusão digital, salas de aula, salas administrativas (dos professores, secretaria, coordenação pedagógica e diretoria), refeitórios e cozinha.


Para os próximos dias, a prefeitura finaliza a licitação da nova escola Cândido Portinari, no Jardim Petrópolis. A área construída será de 1,8 mil metros quadrados, com seis salas de aula, sala de multimídia, sala de informática, biblioteca, sanitários, cozinha, refeitório, setor administrativo, área de recreação e quadra poliesportiva coberta. O investimento previsto é de R$ 4,4 milhões.


A escola passará a atender 260 estudantes em tempo integral. Chico Brasileiro informa ainda que outras duas escolas da rede pública municipal vão passar a atender em tempo integral: Parigot de Souza (na região central) e Gabriela Mistral (Jardim Lancaster), em construção.


Fonte: Asssessoria

PATROCÍNIO https://agenciacrow.com.br/img/agcrow.gif

Postar um comentário

Obrigado por comentar em nosso site, logo ele estará disponível para todos os usuários.

Postagem Anterior Próxima Postagem
header ads
header ads
header ads