Patrocínio

Post Top Ad

DestaquesTrânsito

Estacionamento Regulamentado de Foz do Iguaçu ficará suspenso por 20 dias a partir de segunda (22)


A fiscalização do Estacionamento Regulamentado de Foz do Iguaçu (Estarfi), ficará suspensa por 20 dias a partir de segunda-feira (22), de acordo com a prefeitura.

Isso vai ocorrer por causa da implantação do novo sistema de fiscalização, que vai permitir, entre outras novidades, o pagamento com cartões de débito e crédito, informou a prefeitura.

Segundo o município, como o sistema vai operar em outra plataforma, os créditos adquiridos no aplicativo Vago, usado atualmente, poderão ser recuperados mediante o cancelamento da conta ou utilizados em outras cidades.


Os cartões e chaveiros recarregáveis serão substituídos, mas a data ainda não foi definida.


Os avisos de irregularidade emitidos até 20 de março poderão ser regularizados normalmente, dentro de 14 dias úteis após a notificação, na sede do Estarfi, que fica na Avenida Juscelino Kubitschek, esquina com Rua Bartolomeu de Gusmão.


Outra possibilidade é regularizar com as orientadoras do Estarfi, de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, e aos sábados, das 8h às 12h30.


Mudança


Segundo a prefeitura, a mudança faz parte do novo contrato do (Instituto de Transportes e Transito de Foz do Iguaçu (Foztrans) com a empresa Serbet - Sistema de Estacionamento Veicular do Brasil, vencedora da licitação.


De acordo com o superintendente do Foztrans, Licério Santos, a implantação da nova tecnologia não implicará em mudanças no valor do Estarfi.


“Observamos um alto custo operacional devido à utilização de 293 parquímetros, que comportam apenas 10 vagas em cada aparelho. Na nova contratação, estes equipamentos serão dispostos nas áreas de abrangência do Estarfi, de forma a otimizar o seu uso com a utilização de parquímetros multivagas, sem limitações de quantidade de vagas por equipamento”, explicou.


Com a nova configuração, serão necessários apenas 90 equipamentos. Além do parquímetro como meio de pagamento, o motorista poderá utilizar o aplicativo tanto para o acionamento da vaga como para regularizar os avisos de irregularidades.


Futuramente, informou o superintendente, por meio do aplicativo também será possível fazer a consulta sobre as vagas disponíveis em determinados locais da cidade.


O município também terá condições de otimizar a fiscalização, visto que o sistema permite que os agentes façam a atuação de forma mais ágil, reduzindo a carga de materiais e o tempo da emissão do aviso de irregularidade.


Em 2020, o município contava com 189.183 mil veículos licenciados, com população estimada de 258.248 mil habitantes, segundo o IBGE..


Fonte: G1Paraná

Postagens relacionadadas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar em nosso site, logo ele estará disponível para todos os usuários.

Patrocínio