Patrocínio

Post Top Ad

Destaques

Cerveja artesanal produzida em Foz do Iguaçu está entre as melhores do país


 A cerveja artesanal Lager Oak – Barba de Serpente –, fabricada em Foz do Iguaçu, conquistou a medalha de prata na 9ª edição do Concurso Brasileiro de Cervejas 2021 (CBC 2021), em Blumenau (SC), no último dia 18 de março. O evento reuniu 467 cervejarias de todo País com 3.162 rótulos em 134 categorias. 


A categoria na qual a cerveja de Foz ficou em segundo lugar foi a Wood and barrel aged (cerveja maturada  em barris de madeira envelhecida).


A categoria é uma das mais disputadas. A iguaçuense é maturada nos barris de carvalho usados para o envelhecimento das cachaças paranaenses Novo Fogo e Porto Morretes, campeãs em prêmios nacionais e internacionais – Porto Morretes foi considerada a melhor do Brasil. Ambas são fabricadas na cidade de Morretes, no Litoral do Estado.


A premiação é mais um componente que ratifica a posição do município do extremo Oeste como um dos mais procurados destinos turísticos­ do mundo, devido às suas belezas naturais e, também, pelo leque diversificado de atrativos na área de gastronomia. Foz do Iguaçu é o primeiro município paranaense que tem uma lei especifica de apoio às microcervejarias. A legislação vem fomentando o mercado local e atraindo novas empresas.


O secretário estadual do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, Márcio Nunes, observou que a premiação da cervejaria de Foz une dois destinos turísticos importantes na rota gastronomia. “Os barris da melhor cachaça do País foram usados para fabricar a cerveja. Um novo roteiro de viagem pode ser traçado entre o Litoral e o extremo Oeste do nosso território pelo turista que busca a qualidade e os sabores exóticos de comida e bebidas.


André Poletti, assessor de Marketing da Paraná Turismo, ressalta que Foz do Iguaçu, o maior polo de turismo internacional do Estado, oferece uma gastronomia rica e diversificada. “O resultado do CBC atesta a qualidade do produto cervejeiro apresentado pelo Paraná e a potencialidade do nosso principal cartão de visitas, as Cataratas do Iguaçu”.


No município, a alteração da Lei 4.559/2017 facilitou o processo de regularização e consolidação da atividade para estabelecimentos que não ultrapassam o limite de 20 mil litros mensais de produção e armazenagem. “O poder público incentivou o surgimento de novas empresas e essa premiação para uma cervejaria da nossa cidade é resultado desse trabalho”, disse o secretário de Turismo de Foz do Iguaçu, Paulo Angeli. “Inseriu o destino na rota do turismo gastronômico”.


Cervejarias premiadas agregam inovação e qualidade


A cerveja premiada e fabricada na tríplice fronteira pela Cervejaria 277 Craft Beer traz no portfólio mais de 40 rótulos. O proprietário, Agenor Maccari Junior, é responsável pela formulação da cerveja e reforça a importância do concurso para Foz do Iguaçu e Estado do Paraná. “A cena cervejeira em Foz está em franco crescimento”, destaca o responsável pela formulação da Lager Oak.


Guilherme Silvestre, mestre cervejeiro da empresa, ressalta que ter um rótulo em uma das competições que envolvem as cervejas mais complexas do País coloca Foz no cenário nacional dessa categoria. “Nos motiva a continuar prezando sempre pela qualidade de nossos produtos”.



Fonte: Assessoria

Postagens relacionadadas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar em nosso site, logo ele estará disponível para todos os usuários.

Patrocínio