Patrocínio

Post Top Ad

Destaques

Número de casos confirmados da dengue no Paraná chega a 2.572 com seis mortes, aponta boletim


 O Paraná registrou 2.572 casos confirmados de dengue, conforme boletim epidemiológico divulgado nesta terça-feira (9) pela Secretária de Estado da Saúde (Sesa). São 302 casos a mais que na semana anterior.

O período epidemiológico analisado começou em agosto de 2020 e continua até o final de julho de 2021.

Na atualização desta terça-feira, não houve registro de novas mortes. Veja abaixo o número de mortes causadas pela dengue, por cidade:


  • Foz do Iguaçu: 2
  • Apucarana: 1
  • Assaí: 1
  • Cambé: 1
  • Londrina: 1


De acordo com o relatório, 339 municípios apresentaram notificações da doença e 205 têm casos confirmados.

A Sesa informou que seis municípios registram casos de dengue grave e 14 municípios apresentam casos de dengue com sinais de alarme.



Do total de casos confirmados, 2.134 são casos autóctones – quando as pessoas contraem a doença na cidade onde moram, e 14 casos são importados.


  • Confira a lista de casos e mortes por município


O estado totaliza 26.925 notificações para a dengue - 2.134 a mais que o informe anterior. Segundo o relatório, 6.790 casos estão em investigação.


Regionais de saúde com mais casos de dengue



  • Londrina: 460
  • Foz do Iguaçu: 446
  • Ponta Grossa: 366
  • Campo Mourão: 188
  • Paranavaí: 181
  • Paranaguá: 171
  • Maringá: 164
  • Cascavel: 163
  • Umuarama: 107



Zika e Chikungunya


Os dados apontam 104 notificações para Chikungunya. Foram cinco casos confirmados, sendo quatro autóctones e um caso importado de outro estado.

Em relação aos registros de Zika vírus, o Paraná tem 34 notificações e um caso confirmado - registrado em Cambé.


Orientação


A Sesa afirmou que 90% dos criadouros do mosquito estão nos domicílios, em recipientes e locais que acumulam água.

"A dengue continua sendo uma das grandes preocupações, pois é uma doença grave, que pode matar e deixar sequelas graves. Apesar da redução de casos em relação ao mesmo período do ano passado, quando registramos cerca de 15 mil casos confirmados, seguimos apoiando os municípios nas ações de enfrentamento às arboviroses provocadas pelo mosquito Aedes aegypti", afirmou o secretário da Saúde do Paraná, Beto Preto.


Fonte: G1 Paraná

Postagens relacionadadas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar em nosso site, logo ele estará disponível para todos os usuários.

Patrocínio