Patrocínio

Post Top Ad

Destaques

Chuva alaga bairros e destrói muros de casas, em Foz do Iguaçu


As fortes chuvas que atingiram Foz do Iguaçu, entre quarta (20) e quinta-feira (21) causaram alagamentos em diversos pontos da cidade.


Os bairros mais afetados, segundo a Defesa Civil, foram Porto Belo, Porto Meira, Cidade Nova e Jardim Universitário.


Até a publicação da reportagem, a Defesa Civil não tinha divulgado uma balanço dos estragos, mas pelo menos cinco moradores foram orientados a buscar casas de parentes por causa dos estragos em residências.


De acordo com o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), foram registrados 150 milímetros de chuva na cidade em 24 horas.


Segundo o centro, o volume representa a média mensal para janeiro.


Várias casas registraram alagamentos ou muros caídos por causa da chuva. A comerciante Ana Claudia Pelegrini, que mora no Jardim Universitário, perdeu vários móveis e eletrodomésticos no alagamento.


"Eu cheguei, e a água estava represada dentro da minha casa. Eu só vi os meus dois cachorros lá dentro, nadando", afirmou.


De acordo com ela, o problema dos alagamentos é recorrente na região do Jardim Universitário. "A água não escoa para onde deve escoar, e entra na casa das pessoas", afirmou.


O posto de saúde Porto Belo também foi um dos pontos alagados. Além da chuva que entrava da rua dentro do local, a água penetrou pela laje da construção.


A Prefeitura de Foz do Iguaçu afirmou que em 2020 foi feita uma vistoria no local, e que houve a recomendação de que um novo posto de saúde fosse construído no bairro. De acordo com a prefeitura, existe um projeto para uma nova unidade, e estão sendo finalizados os últimos ajustes para dar andamento ao processo de licitação para a obra.



Estragos


Outras cidades da região também registraram estragos. Em Nova Prata do Iguaçu, na região sudoeste do estado, uma escola, que já tinha sido destelhada em um outro temporal em 2020, voltou a ter problemas com o mau tempo.


Com o volume de chuva, o local ficou com as salas e corredores alagados.


Fonte: G1Paraná


Postagens relacionadadas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar em nosso site, logo ele estará disponível para todos os usuários.

Patrocínio