Patrocínio

Post Top Ad

Saúde

Macrorregião oeste atinge 94% de ocupação nos leitos adultos de UTI para Covid-19, diz Sesa


 A macrorregião oeste atingiu 94% da ocupação nos leitos adultos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para Covid-19, na manhã desta sexta-feira (11), segundo a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa).

Conforme a Sesa, a macrorregião oeste conta com leitos ofertados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em hospitais de Cascavel, Toledo, Assis Chateaubriand, Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, Francisco Beltrão, Pato Branco, Chopinzinho, ambas no sudoeste, e Palmas, no sul do estado. Veja abaixo.



Dos 172 leitos de UTI ofertados pelo SUS, nesta sexta-feira (11), há 10 deles disponíveis para pacientes com o coronavírus na região.

As cidades com 100% de lotação dos leitos de UTI são Francisco Beltrão, Pato Branco e Chopinzinho.


Leitos de UTI para Covid-19


Taxa de ocupação dos leitos ofertados pelo SUS, até às 8h40 desta quinta-feira, nos hospitais da macrorregião oeste:


  • Cascavel: 92%
  • Toledo: 83,3%
  • Assis Chateaubriand: 92,8%
  • Foz do Iguaçu: 96%
  • Francisco Beltrão: 100%
  • Pato Branco: 100%
  • Palmas: 90%
  • Chopinzinho: 100%


Na enfermaria da ala Covid-19 adulto, a taxa de ocupação era de 62,2%, na manhã desta quinta-feira, na macrorregião.

Os dados atualizados são divulgados diariamente pelo Consórcio Intermunicipal Samu (Consamu) Oeste.


Macrorregião oeste


A macrorregião oeste abrange as regionais de saúde de Pato Branco, Francisco Beltrão, Foz do Iguaçu, Toledo e Cascavel.

As cinco regionais, ao todo, contabilizam 70.174 casos confirmados do novo coronavírus, o que representa 22,2% dos casos do Paraná até quinta-feira (10).

Além disso, somam 962 mortes pela Covid-19, ou seja, 14,5% dos óbitos registrados no estado, conforme o último boletim da Sesa.

Outas 4.175 pessoas aguardam o resultado dos exames nas cidades que fazem parte da macrorregião.

O Paraná atingiu 315.047 casos confirmados do novo coronavírus na quinta. O número de mortes mortes causadas pela Covid-19 chegou a 6.595. A taxa de mortalidade da doença é de 2,1%.


Fonte: G1 Paraná

Postagens relacionadadas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar em nosso site, logo ele estará disponível para todos os usuários.

Patrocínio