Patrocínio

Post Top Ad

Saúde

Foz tem 200 óbitos e 88% de ocupação de leitos de UTI para pacientes com Covid-19


A Vigilância Epidemiológica confirmou, nesta quinta-feira (03), mais cinco óbitos em Foz do Iguaçu, em decorrência de complicações do novo Coronavírus (Covid-19). Com isto, a cidade chegou a 200 óbitos desde o início da pandemia. Nas últimas 24 horas, foram registrados 176 novos casos, totalizando 14.285 da doença. Na rede de atenção aos pacientes infectados, a ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) foi a 88,4%.


Esta foi a segunda vez que Foz do Iguaçu registrou em um único dia, cinco óbitos em consequência da Covid-19, desde o início da pandemia, em março. O primeiro ocorreu em 27 de outubro. As mais recentes vítimas são três homens de 55, 68 e 76 anos e duas mulheres de 73 e 74 anos, que estavam internados no Hospital Ministro Costa Cavalcanti e no Hospital Municipal Padre Germano Lauck.
Foz do Iguaçu tem uma taxa de letalidade de 1,40%, de acordo com o Painel Coronavírus da Vigilância Epidemiológica. O índice é maior que o da 9ª Regional de Saúde (1,29%) e menor que o do Paraná, que está em 2,16%. No Brasil, a taxa é de 2,73%, de acordo com o Ministério da Saúde (MS) e de 2,33% no mundo, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Mais casos

A Vigilância Epidemiológica confirmou ontem, 176 casos de Covid-19, totalizando 14.285 infectados no município. Deste total, 13.307 pessoas (93,1%) já estão recuperadas. Dos novos registros, 87 são mulheres e 89 homens com idades entre 6 e 86 anos. 
Dos novos casos, 2 estão internados e 174 encontram-se em isolamento domiciliar. Dos casos confirmados até o momento, e que estão ativos, 643 (4,5%) estão em isolamento domiciliar com sinais e sintomas leves e 135 pessoas estão internadas.


Em alta

A ocupação dos leitos de UTI e de Enfermaria para paciente de Covid-19 segue em alta, motivando o decreto de toque de recolher das 23h às 5h, que já está valendo. Até a tarde de ontem, das 95 camas especiais disponíveis na rede, 84 estavam em utilização (88,4% do total).
Dos 74 Leitos de Enfermaria existentes, 51 estavam em utilização (68,9% do total). Dos 135 pacientes internados, 120 são confirmados para Covid-19 residentes em Foz do Iguaçu. O restante, ou estão em análise, ou são moradores de outros municípios.

Por idade

A faixa etária mais afetada pelo novo Coronavírus em Foz do Iguaçu é de cidadãos de 20 a 39 anos, que somam 6.457 infectados. Em terceiro e quarto aparecem pacientes de 40 a 49 e de 50 a 59 anos de idade, com 2.672 e 1.923, respectivamente. Foz do Iguaçu contabiliza ainda 96 bebês de zero a um ano e 464 crianças de um a nove anos de idade.
As transmissões comunitárias, quando a doença é confirmada mas não é possível identificar como ocorreu a infecção, responde por 80,3% dos casos em Foz do Iguaçu. Em segundo estão as transmissões locais (quando o contágio é através de pessoas próximas) com 15,9%. As importadas somam 3,8% das transmissões.

O distrito sanitário Oeste (centro) tem a maior concentração de casos ativos de Covid-19, e aparece na cor mais forte, com taxa alta no Mapa de Calor da Vigilância Epidemiológica. A região Leste (Morumbi e Jardim São Paulo) tem taxa média-alta, enquanto Norte, Nordeste e Sul (Vila C, Cidade Nova e Porto Belo, Três Lagoas e Porto Meira, respectivamente), aparecem na faixa média.


Ronildo Pimentel
Foto: arquivo


Fonte:GDia

Postagens relacionadadas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar em nosso site, logo ele estará disponível para todos os usuários.

Patrocínio