Trending

Atividades comerciais e gastronômicas podem atender até 23h a partir de quinta-feira (01)

 


Decreto municipal que amplia em duas horas o horário de atendimento foi publicado no Diário Oficial nesta quarta-feira (30)

A Prefeitura de Foz do Iguaçu amplia a partir desta quinta-feira, 01 de julho, o horário de atendimento das atividades comerciais, industriais e gastronômicas da cidade para as 23h. O decreto que altera as medidas restritivas em vigor para conter a transmissão do coronavírus foi publicado nesta quarta-feira (30).

A circulação de pessoas ficará proibida da meia-noite às 5h. A nova flexibilização das medidas foi possível devido ao esforço coletivo de cumprimento das restrições, que resultou em uma redução na média móvel dos casos de 30% nas duas últimas semanas.

Nesta quarta-feira, a média móvel registrada é de 80,43 casos. Foram confirmados 125 novos de covid-19 e três mortes pela doença. Embora a ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Hospital Municipal Padre Germano Lauck seja de 97%, houve uma diminuição na procura de atendimentos de pacientes com sintomas e de casos confirmados de covid - um dos principais fatores levado em consideração pelo Comitê de Enfrentamento à Covid-19 para flexibilizar os horários das atividades comerciais.

Retomada dos eventos

Na última semana, a Prefeitura publicou decreto permitindo a realização de eventos sociais de até 50 pessoas, com autorização da Secretaria Municipal de Turismo e Projetos Estratégicos e mediante o cumprimento de protocolos, como limitação máxima de 40% da capacidade de público do local.

Se o cenário epidemiológico permanecer com redução no número de casos e de agravamento da doença, no dia 15 de julho serão liberados também os eventos de até 100 pessoas. Na próxima semana, o Comitê inicia a discussão sobre grandes eventos, principalmente corporativos, que atraem grande número de visitantes para Foz do Iguaçu.

Com o avanço da vacinação, a perspectiva é que a partir de setembro possam ser realizados eventos com até 300 pessoas e, em novembro, quando a maior parte da população adulta da cidade deverá ter recebido a segunda dose da vacina, permitir eventos ainda maiores.

 

Fonte AMN

Postar um comentário

Obrigado por comentar em nosso site, logo ele estará disponível para todos os usuários.

Postagem Anterior Próxima Postagem
header ads
header ads
header ads