Patrocínio

Post Top Ad

Destaques

Em São Miguel do Iguaçu, 31 pessoas furaram a fila de vacinação contra Covid-19


 Em São Miguel do Iguaçu, duas servidoras foram afastadas por não respeitarem a lista de vacinação de profissionais da linha frente no tratamento contra a Covid-19. Com isso, 31 pessoas que trabalham em um hospital particular do município furaram a fila de imunização estabelecida pelo Programa Estadual de Vacinação.

A secretária de Saúde do município Clair de Lara Boles, afirmou que entre os vacinados estão funcionários do Hospital Madre Dio, como recepcionista, controlador de acesso, auxiliar de cozinha e zeladoras, que embora atuem no hospital não estão na linha de frente. "Não que essas pessoas não mereçam ou não seriam vacinas, mas elas não estão na linha de frente", disse.


O Ministério Público foi acionado para apurar o ocorrido. O promotor Pedro Wanderley, responsável pela investigação, afirmou que as servidoras afastadas serão ouvidas, bem como os funcionários que foram indevidamente vacinados. O Hospital, por meio de nota, informou que abriu uma sindicância para apurar o caso.


Fonte: Bem Paraná

Postagens relacionadadas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar em nosso site, logo ele estará disponível para todos os usuários.

Patrocínio