Patrocínio

Post Top Ad

Destaques

Coronavírus: Prefeito de Foz do Iguaçu anuncia toque de recolher com multa e suspensão de atividades esportivas


O prefeito de Foz do Iguaçu, Chico Brasileiro (PSD), anunciou, nesta sexta-feira (19), que o município vai aumentar a fiscalização dos protocolos sanitários e ampliar as medidas de restrições para combater a Covid-19.


Conforme o prefeito, o município passa a ter toque de recolher com fiscalização e multa de R$ 9,1 mil para empresas. A penalização também será aplicada para moradores, e medida passa a valer a partir das 23h de sábado (20).


O anuncio também abrange a suspensão de bailes, confraternizações e atividades esportivas coletivas por um período de 14 dias, a partir de domingo (21).

  • Macrorregião oeste soma 22% dos casos confirmados e 15% das mortes pela Covid-19 no Paraná


Segundo o prefeito, a ocupação máxima em locais de atividades religiosas também deverá ser reduzida de 75% da capacidade para 30%.


A decisão leva em consideração o aumento de casos da doença e a ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) nos hospitais do município, que chegou a 83% nesta sexta-feira, conforme o gestor.


No Hospital Municipal, a ocupação da UTI está em 100%. Desde o início da pandemia, Foz do Iguaçu registrou 24.506 casos da doença e 378 óbitos.


Conforme a prefeitura, um decreto deve ser publicado com todas a medidas restritivas nesta sexta-feira.

Todos os estabelecimentos devem fechar até as 23h na cidade, de acordo com o prefeito. Apenas as atividades essenciais poderão funcionar após esse horário.


Brasileiro disse ainda que a fiscalização nos bairros e no centro será realizada pelas forças de segurança.


Sistema de saúde


Durante o anuncio, o prefeito destacou ainda que o município solicitou ao governo federal mais controle na fronteira com o 


Paraguai, por Cidade do Leste, na Ponte Internacional da Amizade.

Cerca de 30% dos atendimentos de triagem relacionados ao coronavírus no Hospital Municipal são de moradores do Paraguai.


A prefeitura também solicitou governo federal aquisição de insumos e equipamentos que possibilitem a abertura de 10 novos leitos de UTI no Hospital Municipal. Sendo que a ocupação atual na macrorregião oeste é de 93%.


Fonte: G1Paraná

Postagens relacionadadas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar em nosso site, logo ele estará disponível para todos os usuários.

Patrocínio