Paraná quer transformar a educação em atividade essencial


O governo do Estado enviou para a Assembleia Legislativa um projeto de lei para transformar a educação em atividade essencial durante a pandemia do novo coronavírus. Com isso, professores e funcionários de escolas passariam a fazer parte do grupo prioritário para a receber a vacina contra a Covid-19.


O líder do governo na Alep, deputado Hussein Bakri (PSD), informou que o projeto deverá iniciar tramitação na próxima terça-feira. Temos um número significativo de deputados na Assembleia que irão votar a favor desse projeto”, disse em entrevista à RPCTV.


O retorno às aulas da rede estadual estão marcadas para o próximo dia 18 de fevereiro. As aulas serão no modelo híbrido, com parte dos alunos nas salas de aulas e outra parte pela internet, intercalados. A lotação das salas não poderão passar de 50%. Os pais não serão obrigados a mandar os filhos para a escola.


O Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Paraná (APP) informou que os professores só voltarão para as escolas depois que todos sejam vacinados.


Fonte: Rádio Cultura

Postar um comentário

0 Comentários