Patrocínio

Post Top Ad

Destaques

34° Batalhão de Infantaria Mecanizado terá novo comandante a partir desta Sexta-feira


O 34° Batalhão de Infantaria Mecanizado (Batalhão República do Paraguai) terá um novo comandante a partir desta sexta-feira (22). O tenente-coronel Georgingtown Haullinson Farias assumirá o posto, que atualmente pertence ao coronel Marcelo de Melo Pontes Feliciano. 

A cerimônia de passagem de comando será realizada nas dependências do batalhão, de forma restrita. Neste ano, em decorrência da pandemia da Covid-19, não haverá presença de público. 


Depois de dois anos de trabalho na fronteira, o coronel Pontes se despede de Foz do Iguaçu. Ele irá agora para uma nova missão em Curitiba, onde servirá na 5ª Divisão do Exército (5ª DE) que concentra o comando operacional responsável pelas ações em Santa Catarina e Paraná. 


“Considero que o auge da carreira do oficial do Exército Brasileiro é o comando de um batalhão. Em Foz eu vivi o auge da minha carreira militar e estou muito feliz com o trabalho realizado nestes dois anos. Meu desejo é que toda a integração e todas as ações feitas produzam bons frutos. Faz parte da vida do militar mudar, eu estou feliz com esta nova missão e confio plenamente no comandante que está chegando”, disse o coronel. 


A passagem de comando é um processo composto por várias etapas. Desde o início de 2020, o coronel Pontes vem mantendo contato com o tenente-coronel Haullinson, que o sucederá. A troca de informações tem ajudado o novo comandante a se familiarizar com o trabalho desenvolvido no 34° BIMec e, assim, dar continuidade as ações. 

De acordo com o batalhão, o tenente-coronel Haullinson veio de Brasília e já está no batalhão, onde aguarda o momento de assumir seu compromisso em Foz. Na cerimônia de posse ele fará seu primeiro pronunciamento oficial e falará das expectativas para os próximos dois anos à frente do Exército na fronteira. 


34° BIMec intensificou ações sociais durante a pandemia 

Além de auxiliar no fortalecimento da segurança na Tríplice Fronteira, o Exército assumiu um importante papel social no último ano durante a pandemia da Covid-19. Dentre as ações desenvolvidas pelo 34° BIMec destacam-se o Projeto Marmita Solidária, que disponibilizou mão de obra para a preparação de comida para as equipes de saúde da linha de frente do Hospital Municipal contra a Covid-19; disponibilização de espaço para armazenamento de cestas básicas para a população carente; apoio aos moradores do Paraguai e Argentina que foram impedidos de retornarem aos seus países durante a fase mais crítica da pandemia, dentre outros trabalhos. 


O batalhão também atuou fortemente em diversas ações ao lado de outras forças de segurança durante o fechamento das fronteiras, ajudando no combate aos crimes de contrabando, descaminho e tráfico; além do auxílio no controle aduaneiro logo após a reabertura da Ponte da Amizade. 


“Nós contribuímos com o patrulhamento na nossa área de fronteira, aumentando os índices de apreensões. Isso é fruto de um trabalho de integração, que é motivo de orgulho e me deixa realizado ter participado desta grande equipe e incentivado essas parcerias”, destacou o Coronel Pontes. 


Fonte: GDia

Postagens relacionadadas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar em nosso site, logo ele estará disponível para todos os usuários.

Patrocínio