Patrocínio

Post Top Ad

DestaquesFronteira

Rede particular de ensino pode retomar aulas presenciais a partir de 16 de novembro, em Foz do Iguaçu


A Prefeitura de Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, autorizou a retomada das aulas presenciais na rede de ensino particular. A determinação prevê uma série de medidas sanitárias e é válida a partir de 16 de novembro.


De acordo com o decreto, as escolas não poderão receber alunos com menos de três anos de idade. Estudantes do ensino fundamental, médio, superior e da pós-graduação podem participar das aulas presenciais.


As instituições que optarem pelo retorno presencial também deverão oferecer a opção do ensino remoto aos alunos que não quiserem frequentar o local por causa da pandemia do novo coronavírus.


Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, até domingo (8), Foz do Iguaçu registrou 10.242 casos confirmados do novo coronavírus e 154 mortes pela Covid-19.


O município também estabeleceu um protocolo sanitário, administrativo e pedagógico para ser seguido. Todas as instituições deverão seguir as determinações de segurança apresentadas no decreto.


Entre as regras estabelecidas, o protocolo determina uma escala para o recreio, para que as turmas saiam em intervalos alternados. A orientação do município é que a alimentação dos alunos seja feita dentro das salas ou em refeitórios, mantendo o distanciamento. Veja abaixo.


Medidas sanitárias:


Somente será permitida a circulação de pessoas fazendo o uso correto da máscara e higienização prévia das mãos e calçados;


Aferir a temperatura na entrada da instituição com rotinas de triagem e higienização;


Disponibilizar tapete sanitizante ou similar, com solução higienizadora para limpeza dos calçados, dosadores de álcool gel antes de adentrar na unidade de ensino;


Organizar a recepção dos alunos nas respectivas salas de aula, evitando aglomerações no pátio e saguão da instituição.


O decreto também define regras para o transporte escolar, que deverá circular com número reduzido de alunos.


As aulas presenciais foram suspensas em março por causa da pandemia. Não há data prevista para a retomada das aulas presenciais da rede municipal de ensino.


Segundo a prefeitura, as medidas foram elaboradas pelas secretarias Municipal da Educação e da Saúde, por meio do Comitê Municipal de Gerenciamento e Retorno às aulas presenciais (CMGRAP).


O comitê foi criado para apoiar a construção do plano estratégico de retomada das aulas presenciais.


Fente:G1 Paraná

Postagens relacionadadas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar em nosso site, logo ele estará disponível para todos os usuários.

Patrocínio