Patrocínio

Post Top Ad

Com uma centena de ferramentas feitas à mão, idoso de 83 anos celebra mais de 500 esculturas em madeira



Aos 83 anos, o aposentado Antônio Schenfeld, que mora no bairro Capão Raso, em Curitiba, não se vê fazendo outra coisa que não seja esculpir em madeira.

A arte se tornou o passatempo dele desde a época de criança, aos 10 anos, quando pegou os primeiros pedaços de madeira para se divertir na escola durante a aula de artes.

De lá para cá, ele se tornou um artista, já fez mais de 500 peças. Apesar do profissionalismo, o artesanato, garante ele, nunca deixou de ser um passatempo.
Antônio contou que teve um super apoio dos professores na escola, mas que o talento mesmo estava dentro da casa dele, nas mãos do pai Jorge Schenfeld, que faleceu aos 59 anos em 1975.
Aos 15 anos, ele conseguiu o primeiro emprego, em uma fábrica de móveis.

"A nossa família morava em Irati. Não tinha nem luz elétrica, era tudo na base do lampião. Mas eu fui aprendendo a fazer móveis e ganhava um trocadinho legal", lembrou.

Com o passar dos anos, o trabalho foi ficando cada vez mais interessante, contou Schenfeld.

Na década de 80, ele chegou a trabalhar em mais de uma fábrica de móveis, mas gostava mesmo era de fazer esculturas, muitas delas, inclusive, de personagens religiosos.
As esculturas são feitas a partir de desenhos. Atualmente, o aposentado costuma pegar os modelos pela internet, mas quando começou no ramo, ele mesmo fazia os desenhos.

As peças são feitas sob encomenda. Algumas delas, segundo ele, ilustraram uma escola de Artes do Rio de Janeiro durante uma exposição.



Outra peça especial é uma escultura do sagrado coração de Jesus. A arte foi feita sob encomenda por um amigo de Passo Fundo, no Rio Grande do Sul, e levou três meses para ficar pronta.

Fonte: G1

Postagens relacionadadas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar em nosso site, logo ele estará disponível para todos os usuários.

Patrocínio